Vinho Verde

 

Rota dos vinhos verdes - vinho.barcelos.pt

 

A importância  do vinho verde e do enoturismo como forma de promoção regional tem vindo a aumentar  e a enaltecer o concelho de Barcelos como um dos mais fortes produtores de vinho da Região Demarcada. O vinho verde tem em Barcelos uma importante fonte de vida municiado pela quintas de vinho e enoturismo que  guardam a tradição do vinho e da vinha, como um acto cultural de tradição ancestral. O vinho é parte da cultura destas gentes! Nos últimos anos, a esta tradição juntou-se a tecnologia de ponta, que levou o vinho do concelho para patamares de excelência. Venha provar este néctar!

 

“ A viveza, a frescura, a agulha, o sabor a uva e um certo corpo que tanto realce dão a estes vinhos, reservam-lhe o maior futuro, pois tem um conjunto de qualidades que se encontram nos produtos das outras regiões vinícolas”.

(Ferreira, in riquezas nacionais , 1870)

“Os férteis campos de cores variegadas, os verdes prados bordados de árvores, onde se espalham as pujantes vides que produzem o bom vinho...”

(Fonseca, in O concelho de Barcelos Aquém e Alem-Cávado, 1987)

A Região Demarcada dos Vinhos Verdes coincide com o Minho, possui mais de um século de história e é a maior região demarcada de vinhos de Portugal.

O concelho de Barcelos, com uma área de 378,9 Km2, é constituído por 61 freguesias, a sua cidade é sede do Município e está situada no topo de um planalto granítico sobranceiro ao rio Cávado.

Barcelos é o maior concelho do país, em número de freguesias e, todo ele, encontra-se envolto numa paisagem única, onde se fundem as luxuriantes colinas verdejantes da Franqueira, Saia, Facho ou Airó, com belas igrejas e mosteiros, casas típicas de granito e com os característicos moinhos de água, onde não falta em cada freguesia, em cada casa, em cada tasca o famoso vinho verde tinto ou branco, sempre boa companhia para qualquer refeição ou encontro de amigos.

Em termos de utilização das terras, na região onde se insere Barcelos, as maiores superfícies são ocupadas por prados temporários e culturas forrageiras, vinha e por último cereais para grão. Barcelos é um dos maiores produtores de vinho verde de toda a região em boa medida, devido ao forte investimento na reconversão da estrutura vinícola do concelho e ao aparecimento de empresários com grande espírito de iniciativa e com grande sentimento de valorização deste produto.

É, então, nas margens do Cávado e na verdejante paisagem do coração do concelho que nasce o vinho verde. Fruto de saberes ancestrais e do trabalho árduo das suas gentes, atualmente, muito aliviado pela introdução das mais modernas tecnologias de apoio à viticultura.

Os vinhos produzidos em Barcelos caracterizam-se por serem medianamente alcoólicos e de ótimas propriedades digestivas características conferidas pela sua frescura e especiais qualidades.

A originalidade dos “verdes” deste concelho é o resultado das características do solo, do clima, de fatores socioeconómicos, das peculiaridades das castas regionais e das formas de cultivo da vinha. Este concelho é favorecido pelo microclima existente na região em que se insere, em particular na parte central do território por onde passa o rio Cávado, favorecendo a produção deste vinho, que associado ao tratamento e dedicação fornecida nas fases da sua produção culmina num vinho de raras qualidades.