Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2016 Setembro II Congresso Intermunicipal de Proteção de Crianças e Jovens

II Congresso Intermunicipal de Proteção de Crianças e Jovens

Vai decorrer entre 6 e 7 de outubro de 2016, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, o II Congresso Intermunicipal sobre Proteção de Crianças e Jovens, sendo o Município de Barcelos um parceiro do evento. Estão também envolvidos na organização as Câmaras Municipais de Esposende, Vila Verde e Vila Nova de Famalicão, assim como as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens dos respetivos Municípios.

O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a proteção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).

À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.

O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a protecção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).
À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a protecção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).
À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a protecção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).
À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a protecção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).
À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.O objetivo do evento, para além de fomentar o debate e partilha no aprofundamento de questões relacionadas com a protecção na infância e juventude, passa pela criação de um diálogo interinstitucional que permita uma maior articulação e concertação entre municípios neste domínio. Além dos representantes do município, estarão presentes várias figuras destacadas desta área nomeadamente os juízos conselheiros Armando Leandro, Álvaro Laborinho Lúcio e Clara Sottomayor, representantes de instituições (Centro Hospitalar São João, Alto Comissariado para as Migrações, Polícia Judiciária, Rede Ex-aquuo, Associação Movimento Livre, Associação Projecto Criar) e de estabelecimentos de ensino (Escola da Ponte, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade de Coimbra, Universidade Fernando Pessoa, Universidade de Vigo e ISCTE).
À semelhança da primeira edição, que decorreu em Esposende, em 2014, o congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo. O programa e condições de inscrição podem ser consultados na página oficial em www.2cipcj.wixsite.com/2016.