Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2014 Fevereiro Executivo delibera apoios a nível social, educativo, freguesias e instituições

Executivo delibera apoios a nível social, educativo, freguesias e instituições

A Câmara Municipal de Barcelos deliberou aprovar, em reunião ordinária realizada no dia 14 de fevereiro, um conjunto de apoios na área social e educativa e subsídios a freguesias e instituições do concelho

No primeiro caso, o executivo municipal aprovou vários protocolos, um dos quais com a APACI que inclui uma comparticipação do Município no valor de 6.000,00€, e outro com o Centro Social e Paroquial de Fragoso, com vista à cedência a esta instituição particular de solidariedade social das antigas instalações da EB1 de Fragoso e de um monobloco a instalara no logradouro deste equipamento. A este Centro Social foi também atribuído um subsídio no valor de 10.000,00€, para comparticipar nas despesas de aquisição de um veículo para apoio domiciliário.

Foram também aprovados protocolos com o Centro Social de Durrães e com o Centro Social, Cultural e Recreativo Abel Varzim, com vista à cedência/utilização de espaços para funcionamento de cantinas onde são fornecidas refeições a alunos do 1.º ciclo do ensino básico.

Quanto à área educativa, o executivo aprovou subsídios a agrupamentos escolares do concelho, no valor global de 7.300,00€, para apoio a atividades diversas.

As freguesias são contempladas com um conjunto de subsídios no valor total de mais de 53 mil euros, destinados a obras nas sedes e outras necessidades.

Ao nível do apoio às instituições do concelho, o executivo aprovou subsídios no valor global de 66 mil euros para fins desportivos, sociais e patrimoniais.

Foi também aprovada a adesão do Município ao programa “Vinho com moderação, Art de Vivre, no âmbito do projeto “Barcelos, Cidade do Vinho 2014”. O programa WIM – Wine In Moderation, Art de Vivre (VCM – “Vinho Com Moderação, Art de Vivre”) é um programa europeu para promover a responsabilidade e moderação no consumo de vinho lançado pelas Federações de Vinho em Bruxelas (CEEV – Comité Européen des Enterprises Vin, Copa Cogeca e CEVI). A AEVP – Associação das Empresas do Vinho do Porto, é a entidade responsável por assegurar a correta implementação do programa em Portugal.

 

Ver lista das deliberações.

Nota: As propostas números 16 e 33 foram aprovadas por maioria. As restantes foram aprovadas por unanimidade.

classificado em: