Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2013 Outubro Temporal causou graves danos no concelho de Barcelos

Temporal causou graves danos no concelho de Barcelos

Nos dias 21 e 22 de outubro, a cidade e o concelho de Barcelos foram fustigados por forte vento e chuva intensa.

Em resultado destas condições severas meteorológica foram provocados avultados danos no espaço público e também em património de domínio privado.

O Serviço Municipal de Proteção Civil, reunido em permanência e atento a todas as situações que lhe foram sendo reportadas diretamente ou por comunicação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), via bombeiros, ativou os diversos serviços municipais para, tão rápido quanto possível, minorar os efeitos do temporal e minimizar a ansiedade das populações que, em muitos casos, ficaram privadas do uso dos seus bens e de condições mínimas de diversa ordem.

Desde o início da intempérie, tarde do dia 21, até ao fim do dia 22, pessoal e máquinas com o apoio de engenheiros e técnicos mantiveram-se em trabalho contínuo.

Porém, e dada a extensão da devastação territorial e dos estragos provocados, por insuficiência de meios para acudir a todas as necessidades, foram requisitados serviços de empresas externas ao Município.

Em várias freguesias, principalmente nas zonas mais altas, alguns moradores ficaram privados de aceder às suas habitações, de automóvel ou outros meios de locomução, por causa da deterioração/destruição dos arruamentos que os serviam.

Nalguns casos, a destruição destas ruas e a rotura de condutas da rede de água provocaram a interrupção da sua distribuição domiciliária.

Neste momento, continua a realizar-se o levantamento dos danos aos mais diversos níveis

Sem prejuizo de uma posterior atualização, poderemos quantificar desde já os seguintes:

  • Inundações – estradas, arruamentos, habitações, unidades industriais (mobiliário e textil);
  • Quedas de muros – houve intervenção de máquinas da Câmara para limpar destroços e permitir a utilização das estradas;
  • Abatimentos de pontes em Creixomil e Vila Cova, com privação temporária de circulação de pessoas e veículos;
  • Ruas e caminhos destruidos nas suas plataformas viárias;
  • Quedas de árvores, retiradas pelos serviços municipais e bombeiros;
  • Ribeiros que sairam fora do seu leito, provocaram inundações da habitações e cortes momentâneos de estradas;
  • Destruição de parte do assentamento das travessas da linha de caminho de ferro na freguesia de Silva, situação avisada de imediato à REFER;
  • Utilização de equipamentos para ajudar a lavagem e limpeza das habitações;
  • Por força das inundações foram desalojadas algumas pessoas que foram recebidas por familiares;
  • A outras, sem familiares para as receber, foram proporcionadas condições de alojamento, alimentação, lavagem e tratamento de roupas durante o tempo necessário para voltar a proporcionar condições de habitabilidade aos moradores;
  • Os serviços da empresa Águas de Barcelos e os serviços municipais estão a conjugar esforços no sentido de repôr tão rápido quanto possível a normalidade no abastecimento de água aos utentes afetados.

Entretanto, continuam a ser executados trabalhos de reposição da normalidade nas áreas afetadas.

 

Entre as 15h00 de ontem, dia 23, e as 20h00 de hoje, o Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro da ANPC, mantém vários distritos em alerta laranja, entre os quais o de Braga, devido às chuvas intensas e ao vento forte.

Assim, o Serviço Municipal de Proteção Civil continua atento à evolução das condições meteorológicas no concelho e pronto a intervir a qualquer momento.

classificado em: